Billie Joe Armstrong, do Green Day, foi acompanhado no palco pelo ícone do Hole, Courtney Love, enquanto sua banda de projeto paralelo, The Coverups, realizava um show intimista de clássicos do rock em Londres esta noite (terça-feira, 27 de fevereiro).

Continua após a publicidade..
  • LEIA MAIS: Green Day – Crítica de ‘Salvadores’: seu melhor trabalho desde ‘American Idiot’

Após o anúncio dos dois shows surpresa na capital na semana passada, a banda – famosa por seus shows improvisados ​​com interpretações de clássicos do rock – subiu ao palco do The Garage em Islington diante de uma multidão que incluía Glen Matlock, do Sex Pistols, bem como Clem Burke do Blondie e a lenda da comédia Frank Skinner.

“Como vocês estão?” disse Armstrong, chegando ao palco. “Somos The Coverups, tocamos covers. Esse é o tipo de coisa que fazemos em casa. Somos apenas amigos que nos reunimos e saímos, e é um karaokê glorificado.

“Sem mais delongas, aqui está nossa primeira música”, ele finalizou, antes da banda começar a cantar ‘A Million Miles Away’ do The Plimsouls.

Depois de uma série de standards de nomes como Ramones, Pretenders, Sex Pistols, Bryan Adams, The Clash e David Bowie – assistidos por uma multidão repetida e selvagem cantando “Billie, Billie, Billie Fucking Joe” – o vocalista e seu amigos convidaram um convidado especial para o palco.

Continua após a publicidade..

“Senhoras e senhores, Courtney Love”, convidou Armstrong, antes que o ícone do grunge pegasse o microfone e respondesse: “Obrigado, Billie Joe. Meu nome é Courtney Love – você pode não se lembrar de mim. Moro em uma caverna em Birmingham há cerca de nove anos. Vamos tentar, certo?

Ela e a banda então iniciaram uma versão animada de ‘He’s a Whore’ do Cheap Trick antes de uma versão de ‘Even the Losers’ de Tom Petty. Love voltaria mais tarde para um cover de ‘Surrender’ do Cheap Trick. Outros destaques incluíram versões de ‘I Think We’re Alone Now’ de Tommy James & the Shondells (conforme apresentada no álbum solo de bloqueio de Armstrong ‘No Fun Mondays’), ‘Last Nite’ de The Strokes, ‘Drain You’ de Nirvana e ‘Devo ficar ou devo ir’ do The Clash.

Continua após a publicidade..

Veja imagens, fotos e setlist do show abaixo.

O setlist dos Coverups foi:

‘A Million Miles Away’ (capa do Plimsouls)
‘Eu quero ser sedado’ (capa dos Ramones)
‘Ready Steady Go’ (capa da Geração X)
‘Acho que estamos sozinhos agora’ (capa de Tommy James & the Shondells)
‘Mensagem de Amor’ (capa dos Pretendentes)
‘Verão de 69’ (capa de Bryan Adams)
‘Walking Out on Love’ (capa de Paul Collins Beat)
‘I Fought the Law’ (capa do The Crickets)
‘Ever Fallen in Love (com alguém que você não deveria)’ (capa do Buzzcocks)
‘Estou tão entediado com os EUA’ (capa do The Clash)
‘Ziggy Stardust’ (capa de David Bowie)
‘Dancing With Myself’ (capa da Geração X)
‘Ele é uma prostituta’ (capa do Cheap Trick – com Courtney Love)
‘Even the Losers’ (capa de Tom Petty – com Courtney Love)
‘Neat Neat Neat’ (capa do The Damned)
‘Drain You’ (capa do Nirvana)
‘Last Nite’ (capa do Strokes)
‘American Girl’ (capa de Tom Petty e os Heartbreakers)
‘Love is for Losers’ (capa do Longshot)
‘Fox on the Run’ (capa doce)
‘Rockaway Beach’ (capa dos Ramones)
‘Devo ficar ou devo ir’ (capa do The Clash)
‘Surrender’ (capa do Cheap Trick – com Courtney Love)
Bis:
‘Where Eagles Dare’ (capa de Misfits)

Os Coverups farão outro show em Londres no The 100 Club na sexta-feira (1º de março), antes de uma turnê mundial de divulgação de seu álbum ‘Saviors’ de 2024, que também comemora 30 anos de seu álbum inovador ‘Dookie’ e seu disco seminal de 2004 ‘ Idiota americano’. Acesse aqui para ingressos e mais informações.



Share. WhatsApp Facebook Telegram Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email