O Ibovespa opera em baixa hoje, acompanhando o movimento do exterior e com investidores atentos a declarações do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, após negociações com o presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), sobre a Medida Provisória da reoneração da folha de pagamentos. O Ibov cai 0,63%, aos 130.697,43 pontos. Recuam as ações dos grandes bancos, companhias aéreas, varejistas, construtoras, empresas de educação, petroleiras juniores, frigoríficas e siderúrgicas. Na contramão, Sobem as ações de Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3). O dólar comercial sobe a R$ 4,89 (+0,53%), enquanto os juros futuros (DIs) avançam por toda a curva. O ministro Haddad participa hoje, a partir das 17h20, do painel “Negócios que Transformam Vidas”, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília. Na frente de dados, o volume do setor de serviços no Brasil apresentou alta de 0,4% em novembro frente a outubro, na série com ajuste sazonal, informou o IBGE, um pouco abaixo do esperado (projeção de alta de 0,5%). Em Wall Street, os índices futuros operam em queda na volta do feriado, à espera de mais dados econômicos, expectativas sobre quando os juros começarão a ser cortados e de olho em novos balanços de grandes bancos. (Felipe Alves)

Fonte: InfoMoney

Share.