Os fãs de Dead Cells foram pegos de surpresa na última semana, uma vez que a Motion Twin anunciou que o metroidvania não receberá mais atualizações no futuro.

Pouco depois, o designer Sébastien Benard, que trabalhou no jogo até 2019, criticou a decisão da publicadora, alegando que é o “movimento mais idiota possível” que poderia ser tomado contra a desenvolvedora do projeto, a Evil Empire.

Continua após a publicidade..

“Apenas digo que [a Motion Twin] fez o movimento mais idiota possível contra Dead Cells e [o estúdio Evil Empire]. Por ter visto a situação por trás dos bastidores, eu honestamente me sinto feliz em não fazer mais parte disso. A declaração oficial [do fim das atualizações] é uma besteira de marketing, a maneira como essa situação aconteceu está num nível totalmente diferente. Eu nunca imaginei que meu antigo estúdio teria tantas pessoas gananciosas. Desejo o melhor ao [Evil Empire] para os próximos projetos e espero que as pessoas que ainda trabalham lá superem esse corte econômico brusco”.

O comentário de Benard foi feito no servidor de Dead Cells e, devido à repercussão, foi deletado pelo designer — mas não antes de ser printado pelos jogadores.

Dead Cells entrou em acesso antecipado em 2017 e conquistou uma imensa base de fãs em apenas um ano. Em 2018, foi oficialmente lançado e recebeu atualizações de conteúdo ao decorrer de seis anos. Atualmente, o jogo está disponível para PlayStation, Xbox, Switch, PC e mobile.

Continua após a publicidade..

Aproveite e conheça todas as redes sociais do NerdBunker, entre em nosso grupo do Telegram e mais – acesse e confira.

Continua após a publicidade..

Fonte: PCGamesN

Share.