ad

O Discord anunciou a demissão de 170 funcionários. Tal número representa cerca de 17% da força de trabalho atual da empresa.

A informação foi divulgada pelo CEO do Discord, Jason Citron. De acordo com um comunicado interno, as dispensas fazem parte de planos para “aprimorar o foco da companhia e melhorar a forma com que trabalham, resultando em mais agilidade.”

Continua após a publicidade..
ad

“Esta é uma decisão que não tomamos de forma leviana, mas na qual temos convicção de que nos ajudará a servir melhor nossos usuários, nosso negócio e nossa missão a longo prazo. […] Crescemos rapidamente e expandimos nossa força de trabalho ainda mais rápido, aumentando 5x desde 2020. Como resultado, assumimos mais projetos e nos tornamos menos eficientes na forma como operamos.”

Segundo o The Verge, o Discord está passando por seu maior volume de demissões em um curto período de tempo até então. Em agosto do ano passado, outros 4% da força de trabalho interna foram despedidos.

No comunicado dessa semana, o Discord ainda promete cinco meses de salário, benefícios e participação nos bônus anuais para os funcionários dispensados.

Continua após a publicidade..
ad

Por fim, vale lembrar que essa não é, nem de longe, a única organização que demitiu uma boa quantidade de trabalhadores nos últimos tempos. Nos setores de tecnologia e games, principalmente, reduções semelhantes (ou bem maiores) aconteceram dentro da Twitch, Unity,  Xbox Game StudiosEpic GamesSony Interactive EntertainmentCD Projekt RedRiot GamesBlizzard e mais.

Continua após a publicidade..

Fique de olho por aqui para mais atualizações. Aproveite e conheça todas as redes sociais do NerdBunker, entre em nosso grupo do Telegram e mais – acesse e confira.

Fonte: VGC, The Verge

Share.
ad