Eddie Vedder compara fãs de Taylor Swift com comunidades Punk de sua juventude
Reprodução/YouTube | Diego Castanho exclusivamente para o TMDQA!

No ano passado, Eddie Vedder conferiu de perto um dos shows da aclamada O passeio das Eras de Taylor Rápido ao acompanhar suas filhas na apresentação – o líder do Geléia de Pérolaaliás, chegou até a ser confundido com o ator Pedro Pascal no show que foi, como te contamos por aqui.

Continua após a publicidade..

Recentemente, Eddie comentou mais detalhes sobre a experiência de ter ido ao show de Taylor e sinalizou como as ações dos fãs, desde a preparação para ir ao evento até a apresentação em si, o fizeram lembrar das comunidades Punk dos anos 1970.

Em uma entrevista à revista Mojo, Vedder relembrou a experiência que teve com uma de suas filhas e disse que ficou impressionado com o senso de comunidade dos Swifties. Ele chamou atenção para a famosa troca das pulseiras coloridas com nomes de músicas, que se tornou uma tradição entre os fãs que estão indo para a turnê de Taylor:

A preparação antes do show, fazer essas pulseiras de amizade com ela e a generosidade dessas meninas e meninos, trocando essas pulseiras com mensagens diferentes – letras, títulos de músicas, apenas coisas do bem nessas pulseiras. Eles encontraram sua tribo, todos estavam concordando em alguma coisa.

Mas não parou por aí: logo em seguida, o vocalista fez um paralelo bem interessante entre os fãs de Punk e os fãs da cantora Pop.

Eddie Vedder compara fãs de Taylor Swift e Punk

Eddie Vedder passou sua adolescência entre San Diego e Chicago, e foi fortemente influenciado pela cenas punks locais, integrando bandas como Surfar e destruir, Estilo Indiano e Rádio ruim.

Continua após a publicidade..

Apesar dos estilos musicais não serem nada parecidos, o vocalista do Pearl Jam explicou como enxergou essas semelhanaças:

A coisa mais louca é que isso me lembrou da galera do Punk Rock, de estar em sintonia com todos os desajustados da nossa cidade, naquela época. Foi estimulante e poderoso.

Vale ressaltar que, além de ter simplesmente comparecido à The Eras Tour em Julho do ano passado, Vedder ativou seu modo Swiftie: ele usou as famosas pulseiras da amizade, além de um blazer de lantejoulas preto e até uma camiseta que dizia “It’s me, hi, I’m the father, it’s me” (algo como “Sou eu, oi, sou o pai, sou eu”, em tradução livre), uma brincadeira com a letra de “Anti-Hero”, de Swift.

Continua após a publicidade..

Veja alguns dos registros abaixo!

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!



Share.