Humberto Gessinger explora a simplicidade dos trios em novo disco
Foto: Reprodução / Facebook

Os fãs do grupo brasileiro Engenheiros fazer Havaí foram surpreendidos com o anúncio de um show de reunião de dois terços da formação clássica da banda.

Continua após a publicidade..

Após o grupo ter encerrado suas atividades em 2008, o guitarrista Augusto Lambidas e o baterista Carlos Maltzque fizeram parte da formação clássica da banda, vão realizar um show celebrando os sucessos do grupo no dia 21 de Abril no Bar Opinião, em Porto Alegre.

Até o momento, no entanto, a apresentação não contará com a presença de Humberto Gessingerúnico integrante que ficou na banda desde sua formação, em 1985, até seu encerramento em 2008.

Para o show, Humberto será substituído no baixo e na voz por Sandro Trindademúsico fundador dos Engenheiros Sem CREA, banda tributo aos Engenheiros do Hawaii.

Continua após a publicidade..

Engenheiros do Hawaii e Humberto Gessinger

Em uma entrevista ao jornal O Globo, Augusto Licks informou que o grupo está aberto a receber a participação de Gessinger, caso ele queira estar no show de reunião:

As portas continuam abertas caso o Humberto mude de ideia e venha se associar a esse esforço. Mas claro que ele tem todo o direito de não querer. De certo modo eu diria que, mesmo sem a presença do Humberto, esse show não deixa de ser do GLM (Gessinger, Licks e Maltz), pois são dele a maioria das composições, além de algumas minhas com letras dele. Então, a essa altura do campeonato, se alguma reunião do GLM é possível, é essa. Fica o recado para os fãs: é pegar ou largar.

Apesar do show só ter sido anunciado este ano, a ideia do reencontro entre os integrantes do Engenheiros do Hawaii vem sendo planejada desde antes da pandemia por Carlos Maltz. Porém, os planos mudaram com a COVID-19, como contou Licks:

O mundo parou e, na retomada das atividades gerais, o Sandro Trindade começou a convidar ex-integrantes dos Engenheiros do Hawaii. Ele chamou o Marcelo Pitz, (baixista) da formação original, depois convidou o próprio Maltz. E, no ano passado, me convidou.

Com a resposta negativa de Humberto Gessinger para participar da reunião, Licks contou que Sandro assumiu os vocais e convenceu ele e Maltz a se reunirem pois “há uma grande massa de fãs que sente falta de ouvir o que a banda fazia naquela época”.

Continua após a publicidade..

Augusto ainda apontou que, apesar de qualquer diferença que possa existir, eles estão realizando esse show “por uma causa maior”. Você pode ler mais sobre o evento e garantir seus ingressos clicando aqui.

EU QUERO SER TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e rock alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!



Share.