Jonny Greenwood, do RadioheadJonny Greenwood, do Radiohead
Foto via Wikimedia Commons

Nos últimos tempos, o guitarrista Johnny Greenwood tem deixado o cabeça de rádio de lado para investir, junto com o vocalista Tom Yorkeem seu projeto paralelo O sorrisocujo segundo álbum, Parede dos Olhossaiu apenas algumas semanas atrás, como te contamos aqui.

Continua após a publicidade..

Além da banda que vem conquistando novas audiências, Greenwood promete se aventurar por novos caminhos na música. Isso porque, segundo o Estereogumao compositor indicado ao Oscar anunciou uma composição para órgão com oito horas de duração intitulada “268 anos de reverberação”.

A peça será apresentada às 14h (horário local) do dia 18 de Maio por James McVinnie e Eliza McCarthy em Norwich, no Reino Unido, como parte do Norfolk & Norwich Festival. Ao comentar a novidade, Jonny afirmou:

O órgão é o pulmão e a voz de qualquer edifício onde esteja instalado. Em uma igreja antiga, o ar passa pelos mesmos tubos do órgão, no mesmo espaço, que outros ouvintes vivenciam há séculos. Portanto, ouvir órgãos de igreja é uma espécie de viagem no tempo, o mais próximo que temos de reproduzir fielmente sons antigos. Na Capela do Octógono, são 268 anos: temporada após temporada comemorando, lamentando, elogiando, lamentando, com os mesmos sons gravados. Este tempo é medido ao longo de gerações, através dos rituais da igreja, e é um lembrete de que as igrejas são o repositório dos livros de registos paroquiais, bem como das Bíblias.

Ao escrever isto, fui influenciado pela abordagem clássica indiana às melodias, onde novas notas são introduzidas muito gradualmente em solos improvisados ​​– a chegada de cada nota é tão esperada, que a sua chegada é uma revelação de um novo mundo. Saber disso introduz uma enorme tensão na experiência de ouvir aquela música. Além disso, dentro do zumbido do tanpura estão os tons e harmônicos rodopiantes que compõem a complexidade e a beleza das texturas. É meditativo, mas não apenas meditativo, por causa dessa tensão. As melodias na música indiana são muitas vezes consideradas circulares, em vez de lineares – você está subindo em uma roda em movimento, não começando e terminando em silêncio. É por isso que o primeiro e o último acorde de X anos de reverberação incorporam notas abaixo/acima das frequências audíveis. Desta forma, a música atravessa a sala à medida que atravessa o espectro audível, da mesma forma que um arco-íris é apenas a faixa estreita do espectro visível entre todas as frequências possíveis de luz.

Curioso, hein?! E o Radiohead nada…

The Smile lançou novo disco em Janeiro

Em tempo, depois de uma estreia bastante elogiada com o disco Uma luz para atrair atenção em 2022, o The Smile compartilhou no início do ano seu aguardado novo disco Parede dos Olhos.

Continua após a publicidade..

O segundo trabalho do projeto formado por Greenwood e Yorke em parceria com o baterista Tom Skinner inclui os ótimos singles compartilhados anteriormente “Dobrando Agitado”, “Parede dos Olhos” e “Amigo de um amigo”que inclusive recebeu a “aprovação“ do icônico Pulgabaixista do Red Hot Chili Peppers.

Ouça abaixo!

Continua após a publicidade..

LEIA TAMBÉM: As 10 músicas mais subestimadas do Radiohead

EU QUERO SER TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e rock alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!



Share.