Courtney Love reacendeu as especulações sobre uma reunião do Hole, dizendo a uma multidão em Londres que ela retornará com a banda “mais tarde”.

Continua após a publicidade..

O momento aconteceu na noite de ontem (27 de fevereiro), quando o ícone dos anos 90 fez uma aparição surpresa com Billie Joe Armstrong, do Green Day, em um show intimista na capital com sua banda de covers The Coverups.

O show foi o primeiro de dois shows surpresa na capital que Armstrong anunciou na semana passada, e viu o grupo – que é famoso por seus shows improvisados ​​– entregar interpretações de rock e punk no The Garage em Islington.

Na metade do show, o vocalista do Green Day anunciou ao público que Love se juntaria a eles para uma aparição especial. A partir daí, o cantor ajudou a lançar covers de ‘He’s A Whore’ e ‘Surrender’ do Cheap Trick, e ‘Even The Losers’ do Tom Petty.

“Meu nome é Courtney Love – você pode não se lembrar de mim. Moro em uma caverna em Birmingham há cerca de nove anos”, disse ela ao subir ao palco. “Vamos tentar isso, certo?”

Foi no final de suas apresentações, porém, que a cantora lançou uma bomba para o público – revelando que ela estaria “de volta” posteriormente como parte de sua banda anterior, Hole.

Falando diretamente para o público, ela agradeceu aos fãs por tê-la recebido, antes de prometer: “Mais tarde… volto ao Hole”. Ela então saiu do palco, enquanto Billie-Joe Armstrong anunciava: “Eu disse que seria uma noite especial!”

Confira abaixo as imagens dos fãs da aparição de Love com The Coverups.

A aparente reforma do Hole ocorre depois que a cantora compartilhou mensagens contraditórias sobre se ela estaria ou não aberta a uma reunião.

Continua após a publicidade..

Em 2019, Love teve uma ideia pela primeira vez durante uma entrevista com O guardião, dizendo ao canal: “Definitivamente estamos conversando sobre isso. Não há nada de errado em honrar seu passado.”

Isso coincidiu com comentários posteriores que ela contaria NME no ano seguinte, quando revelou que tinha “fez uma boa sessão” num ensaio com as ex-companheiras de banda Patty Schemel e Melissa Auf der Maur. Quando NME perguntei a ela se a banda voltaria oficialmente, ela respondeu: “É algo que eu adoraria fazer e tenho tido aulas de guitarra pelo Zoom durante o bloqueio e estou escrevendo novamente, então veremos!”

No entanto, durante uma discussão com Voga em 2021, Love acabou com a perspectiva, dizendo que os fãs não deveriam ter muitas esperanças de um anúncio em um futuro próximo.

“Uma reunião adequada do Hole absolutamente não [be happening]”, ela disse na época.“Vocês precisam superar isso. Nosso antigo empresário, Peter Mensch, liga uma vez por ano para perguntar sobre uma reunião. Estou muito honrado por estar nessa empresa, mas isso simplesmente não vai acontecer.”

Ela acrescentou: “Somos todos bons amigos e Melissa e eu somos especialmente próximos – conversamos todos os dias. Mas Érico [Erlandson] está meio fora da rede agora – acho que ele está no Japão literalmente se tornando um monge.

Continua após a publicidade..

“Eu nem estou brincando. Melissa, Patty e eu achamos que ele se tornou um monge ou algo nesse nível de esteticismo.”

Courtney Love se apresenta com Hole em 1990
Courtney Love se apresenta com Hole em 1990. CRÉDITO: Kevin Mazur/Getty Images

A banda dos anos 90 fez um show de retorno pela primeira vez em 2012. Dois anos depois, foi confirmado que Love estava ensaiando com Erlandson, Schemel e Auf der Maur.

Em 2016, Love postou uma foto com Schemel e Auf Der Maur com a legenda: “com as meninas, servindo muita coisa para o Hole. talvez”, embora nenhuma reunião tenha acontecido.

Em 2020, Courtney Love conversou com NME depois de receber o Icon Award no 2020 NME Award. Além de confirmar que os membros estavam ensaiando juntos durante a discussão, a vocalista também falou sobre seu tempo morando no Reino Unido e o motivo pelo qual escolheu se estabelecer em Londres.

“Quando cheguei a Londres vindo de Liverpool, aos 16 anos, no início dos anos 80, acabei ficando no Columbia em Bayswater – cenário de tantas atividades de rock and roll decadentes. Meu conhecimento de Londres se transformou literalmente no metrô de Bayswater até Oxford Street – isso era literalmente tudo que eu conhecia”, explicou ela.

“Você não tem nem a Polícia do Pensamento que pensa ter em comparação com Portland ou partes de Los Angeles. Estou autorizado a discordar aqui, o que não me senti confortável em fazer recentemente em outros lugares. Ser capaz de ter um diálogo real e ler todos os tipos de opiniões… fez com que eu me apaixonasse ainda mais pelo Reino Unido.”

Em seu tempo fora do Hole, Love seguiu carreira solo – lançando seu primeiro LP ‘America’s Sweetheart’ em 2004. O álbum foi gravado quando Love estava lutando contra o vício em drogas e durante sua aparição no 2020 NME Awards. , ela declarou isso como uma de suas “grandes vergonhas da vida”.

Em entrevista com NME no ano seguinte, ela deu a entender que estava trabalhando em mais material solo, mas um álbum seguinte ainda não foi lançado.



Share. WhatsApp Facebook Telegram Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email