Bastou uma varredura nas redes sociais ou algumas conversas pós-festa na noite de segunda-feira para descobrir que valeu a pena esperar pelo 75º Emmy do horário nobre, adiado quatro meses pelas greves de Hollywood.

A transmissão de três horas da Fox, que foi bem recebida pela crítica, foi polida, movimentada em um belo clipe, contou com talentos de décadas de TV e, em contraste com o drama monólogo no Globo de Ouro apenas oito dias antes, viu o apresentador Anthony Anderson elogiado por sua navegação eficiente e calorosa no que tantas vezes é um trabalho ingrato.

Continua após a publicidade..

“Anthony foi inegavelmente o apresentador com mais”, disse Allison Wallach, presidente de programação improvisada da Fox Entertainment, “Essas reuniões de elenco e sets alucinantes foram incomparáveis ​​e os discursos dos vencedores foram cheios de coração e humor… e na hora certa, graças à vigilante e hilariante Mama Doris.”

Os produtores executivos Jesse Collins e Jeannae Rouzan-Clay entraram no Zoom na manhã de terça-feira, depois, segundo suas estimativas, talvez de quatro horas de sono, para refazer o show que quase não aconteceu, revelar as estrelas da reunião que não puderam comparecer, explicar como eles navegaram em um segmento in memoriam particularmente empilhado – não, o elenco de Amigos nunca foi convidado – e examine como uma premiação conseguiu terminar literalmente um segundo antes do previsto.

Quão diferente foi esse show daquele que vocês estavam montando provisoriamente há quatro meses?

Collins Isso foi muito próximo da ideia original. Obviamente ele se transformou e evoluiu, porque ficamos parados por muito tempo, mas sempre quisemos abordar isso da maneira que fizemos. Mas a certa altura, nem tínhamos certeza se isso iria acontecer. O [SAG-AFTRA] a greve terminou poucos dias após o prazo, na verdade.

Havia um prazo para potencialmente cancelar o show?

Collins Tínhamos um encontro – e se ainda houvesse greve depois desse encontro, simplesmente não haveria show. Chegou perto.

Essas recriações do cenário e as reuniões do elenco que as acompanharam realmente ancoraram a noite, temática e esteticamente. Como eles se uniram?

Collins Sempre quisemos fazer reuniões, mas sabíamos que queríamos fazê-las de uma forma diferente. Vimos reuniões do elenco. Eles saem e é ótimo, mas queríamos tentar sempre que pudéssemos fazer algo diferente e levar você de volta a esses ambientes.

Rouzan-Clay Drew Findley, que é um produtor de telas incrível, ajudou a dar vida a esses cenários e fazê-los parecer 3D. Em alguns casos, conseguimos móveis de verdade. Para Martinho, esse foi o verdadeiro sofá da reunião. Houve alguns cenários reais no Todos na família definir. E, se você prestasse atenção, havia ovos de Páscoa em todos eles – fotos nas cornijas e nas paredes de pessoas que haviam passado.

Collins O diretor Alex Rudzinski também ajudou a moldá-los pela forma como os filmou. Se você olhar para o Eu amo Lucy um pouco, ele filmou como eles fizeram naquela época. Os Sopranos era de câmera única. história de horror americana estava muito mal-humorado e ele realmente ficou [the camera] lá. Martinho e Saúde foram filmadas como uma multicâmera tradicional. Tratava-se também de recriar o sentimento.

Houve pessoas que você tentou pegar e que não conseguiram? Ouvi dizer que Connie Britton estava na lista de convocação do história de horror americana pedaço.

Collins Connie não pôde entrar porque estava trabalhando em algum lugar onde o tempo não permitia que ela chegasse. Woody Harrelson não conseguiu fazer Saúde porque ele está em uma peça [Ulster American in London]. Portanto, havia algumas pessoas onde havia apenas desafios logísticos. Mas tivemos sorte de conseguir tantas pessoas dispostas a participar.

Fale comigo sobre o in memoriam. Havia muitas pessoas para cobrir e algumas – Matthew Perry, Norman Lear, Andre Braugher – eram muito novas.

Collins Houve muitas ideias sobre como juntar isso. Uma vez que tivemos Charlie [Puth] e a Guerra e o Tratado fazendo o tema, sabíamos que era uma ótima base, e então se tratou de reconhecer 44 pessoas. Sim, Norman Lear e Matthew Perry, vocês precisam dar atenção especial, mas não querem que ninguém se sinta menosprezado. A contribuição de todos foi significativa e este é o momento deles dentro deste pacote. Então a parte mais difícil foi realmente tentar encontrar um equilíbrio. Sempre quisemos fazer algo com Todos na família, e essa acabou sendo a configuração perfeita: começando com Rob Reiner e Sally Struthers no palco e tendo Matthew Perry como o último filme.

Houve alguma ovação para obter o Amigos elenco?

Continua após a publicidade..

Rouzan-Clay Ainda está muito fresco para eles.

Collins Havíamos conversado sobre isso desde o início – mas posso imaginar, do lado deles, que eles estão de luto por alguém que ainda era muito próximo deles. Não posso falar por eles, mas todos temos que respeitar o fato de serem sua própria família. Provavelmente foi um pouco cedo demais.

Em termos de bits, o que caiu melhor do que o esperado – e houve alguma coisa que não caiu tão bem quanto você esperava?

Collins Acho que Anthony pode ter ficado um pouco irritado durante o segundo verso de “Good Times”. [Laughs]

Rouzan-Clay Estou triste por ele não ter dançado. Esperávamos conseguir dar dois passos em algum lugar tão aberto.

Collins Ensaiamos tudo e ficou tudo como queríamos. Alguns estavam realmente focados na comédia – como Tracee Ellis Ross e Natasha Lyonne fazendo eu amo Lucy. Alguns diziam “Estamos aqui, caso você não saiba, e isso é o quão incríveis somos”. Isso para mim é como um Anatomia de Grey e reconhecendo há quanto tempo está na televisão por ter membros do elenco original lá.

Mama Doris é um tesouro nacional, mas você também não quer jogar com Jennifer Coolidge. Como foi esse momento nos bastidores para você?

Rouzan-Clay Nós pré-avisamos a todos que eram 45 segundos! [Laughs]

Continua após a publicidade..

Collins Nós apenas tentamos fazer isso de forma divertida. Mama Doris foi muito gentil com isso, e Jennifer participou e definitivamente terminou seu discurso. Ela disse a última parte, que foi muito importante. Definitivamente não iríamos impedi-la de terminar. Na verdade, estávamos apenas tentando ajudar um pouco. Não é só que as pessoas tendem a ignorar a música dos playoffs, eu sinto que ela pode parecer fria. Em vez de a música surgir do nada, queríamos que Mama Doris dissesse: “OK, querido, você agradeceu a todos”.

Rouzan-Clay É assim que as mães são. Você pode ser severo e amoroso ao mesmo tempo.

Collins Se você notar, ela nunca subiu ao palco. Não era como Sandman do Apollo. Mas sinto que as pessoas realmente pensaram no que diriam em seus discursos e todos foram ótimos. Nunca saberei se foi porque eles não queriam lidar com Mama Doris. (Risos.)

E ninguém realmente se tornou político.

Collins Certo? Sim. Olha, obviamente alguém poderia ter feito isso. Não fomos políticos com o show. Tentamos realmente permanecer na linha de celebrar a televisão.

Mama Doris também manteve as coisas sob controle. Olhei para o relógio e faltavam uns 20 minutos para o final do show e faltavam apenas três prêmios. Alguma coisa teve que se arrastar um pouco mais no final – como aquela esteira rolante de chocolates?

Collins A certa altura, estávamos nove minutos abaixo. Isso foi talvez no meio do caminho, e então começamos a deixar as coisas se expandirem. Quando chegamos ao Eu amo Lucy um pouco, acho que estávamos um minuto abaixo. Acabamos perdendo 22 segundos no final.

Rouzan-Clay Com o atraso, Jesse, saímos do ar às 7h59min59s.

Collins Realmente? Esses 22 segundos realmente me incomodaram, embora esse seja o número de Emmitt Smith.

Antes de deixar você ir, preciso saber se você sabia quantas ovações de pé iria receber… porque foram muitas.

Rouzan-Clay Mas foi ótimo, certo? Ver tanto apoio e energia daquele público. Ficamos agradavelmente surpresos. Esperávamos ver o público realmente apoiar pessoas como Christina Applegate e Carol Burnett, mas nunca se sabe.

Collins Taryn Hurd, que foi nossa produtora e reservou o talento, ela chamou. Ela olhou para o resumo e nomeou cada um deles.

Rouzan-Clay Porque, só para ficar claro, isso também influenciou o nosso over-under! Os aplausos de pé definitivamente estavam causando alguma divulgação na época, mas valeu a pena.

Mais:

Avaliações de TV: Emmys caem para outro nível mais baixo de todos os tempos

Share.