ad

Orange Studio embarcou no thriller psicológico com toques de crime verdadeiro “An Ordinary Case” e lançará as vendas no Unifrance Rendez-Vous desta semana em Paris. Com destaque, co-escrito e dirigido pelo forte do cinema francês Daniel Auteuil, este drama retirado das manchetes também conta com a estrela de “Borgen” e “Westworld” Sidse Babett Knudsen ao lado do aclamado ator Grégory Gadebois (“Um Oficial e um Espião ”).

Auteuil adaptou o longa da obra de Jean-Yves Moyart – um jurista que virou blogueiro e autor de best-sellers que escreveu sobre suas experiências no sistema jurídico francês – e estrelará como Jean Monier, um advogado desiludido que defende um homem acusado de assassinando sua esposa. Embora todos os sinais apontem para a culpa do acusado, Monier permanece firme na sua presunção de inocência. O que começa como um caso comum acaba sendo tudo menos isso.

Continua após a publicidade..
ad

Seguindo os passos do vencedor de Veneza e César de Alice Diop, “Saint Omer”, do aclamado filme de Cédric Kahn, “The Goldman Case”, de Cédric Kahn, e do rolo compressor de prêmios de Justine Triet, “Anatomy of a Fall”, este último drama jurídico prova mais uma vez que o o tribunal tornou-se um cenário galvanizador no cinema francês contemporâneo.

Continua após a publicidade..
ad

“[‘An Ordinary Case’] realmente se concentra no que significa ser um advogado criminal”, diz Charlotte Boucon, chefe de vendas da Orange. “Tudo recai sobre seus ombros, então o que isso significa, como isso afeta alguém no aspecto pessoal e profissional? Este também é um filme importante para Daniel Auteuil, que todos conhecemos como ator e que realmente emergiu como autor.”

Continua após a publicidade..

O próximo Unifrance Rendez-Vous também sediará as estreias no mercado de “Back to Alexandria” de Tamer Ruggli, com Nadine Labaki (“Cafarnaum”) e Fanny Ardant (“The Young Lovers”), “Madame de Sevigné” de Isabelle Brocard, liderada por Karin Viard (“La Famille Belier”) e Ana Girardot (“De Volta à Borgonha”), e “Chasing Johnny”, de Baptiste Debraux, estrelado por Bastien Bouillon (“A Noite dos 12º”) e Léa Drucker (“Último Verão”).

Completando a lista do Orange Studio estão o thriller de ficção científica de Aude Léa Rapin, “Planet B”, com Adèle Exarchopulos, o estrelado drama familiar de Carine Tardieu, “The Ties that Bind Us”, liderado por Pio Marmaï (“Os Três Mosqueteiros”), Raphaël Quenard ( “Junkyard Dog”) e Vimala Pons (“Elle”), e o drama de guerra dos anos 1940 “The Last Men”, do diretor de “Close Enemies” David Oelhoffen.

Share.
ad