O Cruzeiro encara o Santos nas oitavas de final. O clube paulista superou, mais cedo, o Água Santa por 4 a 2.

Continua após a publicidade..

Como foi o jogo

Ataque aqui, ataque ali. O jogo começou com as duas equipes bastante ofensivas, e a troca de investidas rendeu uma bola na trave aos 16 minutos: após rebatida em cobrança de escanteio do Cruzeiro, Tévis dominou no peito com categoria e carimbou o travessão defendido por Ronaldo — a bola ainda pingou perto da linha antes de ser afastada.

Continua após a publicidade..

Goleirão vacila, e mineiros marcam. O intervalo tinha tudo para iniciar com o zero no placar, mas o goleiro da Portuguesa protagonizou uma lambança e frustrou os planos paulistas. Após cruzamento para a área e disputa pelo alto na sobra, Arthur recebeu já dentro da área, girou e bateu rasteiro: Ronaldo tentou encaixar, mas viu a bola passar embaixo de suas pernas: 1 a 0.

Continua após a publicidade..

Portuguesa aperta. O Cruzeiro perdeu Henrique aos 15 minutos do 2° tempo. O camisa 5, já no banco, recebeu o segundo cartão amarelo e, mesmo não afetando diretamente o duelo, fez aumentar a agressividade da Portuguesa na busca pelo empate. Um dos maiores sustos veio pouco tempo depois, quando Leandro pegou rebote da entrada da área e assustou Otávio. Os mineiros, no entanto, se seguraram em meio à pressão rival, que contou com bola na trave nos acréscimos, até o apito final.

Share.