Um suspeito não foi identificado no tiroteio fatal do rapper holandês.

Continua após a publicidade..

O rapper holandês Bigidagoe morreu após um tiroteio em Amsterdã. O rapper, cujo nome verdadeiro é Danzel Silos, foi morto a tiros em um parque empresarial no distrito de Sloterdijk enquanto tentava fugir em um Volkswagen Polo. O músico, artista solo e membro da banda de hip-hop Zone 6, sofreu vários ferimentos à bala e foi levado às pressas para um hospital local, onde morreu mais tarde, segundo meios de comunicação locais. Ele tinha 26 anos.

De acordo com Het Parol, o tiroteio ocorreu por volta das 5h30, horário local, logo após Bigidagoe participar do One Night in Amsterdam, festa realizada no espaço de eventos Rhone, a menos de 10 minutos a pé da estação Amsterdam Sloterdijk. A polícia não identificou nenhum suspeito do tiroteio no momento e continua investigando o assassinato do rapper. Um advogado que representa a família de Silos disse: “Eles estão chocados com o que aconteceu”.

Continua após a publicidade..

O tiroteio fatal de domingo ocorreu mais de três anos depois de Bigidagoe sobreviveu a um tiroteio em Amsterdã, em agosto de 2020. Após o incidente, o rapper exibiu seus ferimentos em um videoclipe filmado em um hospital. O músico afirmou ainda que a casa de sua mãe foi alvo de diversos ataques.

Continua após a publicidade..

O tiroteio também ocorreu quando Bigidagoe estava sendo julgado, depois que ele e outras sete pessoas foram acusados ​​​​de sequestrar o rapper rival Kobus L em 2020, ameaçando-o com armas e dizendo que cortariam seus dedos. Depois de conseguir escapar, Kobus L apresentou queixa. Enquanto isso, membros de seu grupo de rap Zona 6 teriam sido associados a crimes, incluindo violência física grave e tráfico internacional de drogas. Recentemente, porém, Bigidagoe vinha tentando deixar seu passado criminoso para trás, segundo a mídia local.

Poucas horas antes do tiroteio fatal, Bigidagoe compartilhou uma foto sua em um estúdio. Em sua postagem final, ele escreveu, por O sol, “Você tem que aproveitar a vida. O amanhã não está prometido” ao lado de uma foto sua flutuando na linda e verde água do mar. A conta do rapper no Instagram, onde ele possui mais de 120.000 seguidores, desde então se tornou um lugar para os fãs prestarem homenagem, com uma pessoa escrevendo em uma postagem recente: “Descanse em paz. Perdemos uma lenda.”



Share. WhatsApp Facebook Telegram Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email