ad

David S. Goyer, roteirista de O Homem de Aço, contou sobre a pressão da Warner para criar um universo cinematográfico que pudesse competir com o MCU, durante a produção de Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Segundo ele, o estúdio deixou de lado uma sequência de um filme solo do Superman por conta disso.

Em entrevista ao podcast Happy Sad Confused., Goyer explicou a situação:

Continua após a publicidade..
ad

“Sei bem a pressão que recebíamos da Warner, que era: ‘precisamos do nosso Universo Cinematográfico da Marvel!’ e eu falava: ‘não vamos nos precipitar’’. […] A outra coisa que foi difícil na época foi que havia uma porta giratória de executivos na Warner Bros. e DC. A cada 18 meses, alguém novo chegava. Estávamos ficando atordoados. Cada pessoa nova prometia: ‘vamos ser maiores!’”.

Ele continua:

“Me lembro que um executivo no comando da Warner teve que apresentar 20 filmes que seriam lançados nos próximos 10 anos. Mas nenhum deles havia sido escrito ainda. Era uma loucura o quanto de planejamento estava sendo feito sem nenhuma base… essa não é a maneira certa de construir algo.“

Prova mais recente dessas incertezas é que o protagonista de O Homem de Aço, Henry Cavill, tinha um retorno planejado para o universo da DC nos cinemas, como Superman. A aparição, contudo, foi cancelada após as chegadas de James Gunn e Peter Safran para comandarem o estúdio.

Continua após a publicidade..
ad

Escrito e dirigido por James Gunn, o novo filme do Superman, Superman: Legacy, tem estreia marcada para 11 de julho de 2025. O filme será protagonizado por David Corenswet e Rachel Brosnahan nos papéis de Clark Kent e Lois Lane, respectivamente. 

Acompanhe o NerdBunker para mais novidades. Aproveite e siga as nossas redes sociais TwitterInstagram e TikTok, e entre no nosso grupo no Telegram.

Continua após a publicidade..

Fonte: Variety.

Share.
ad