Starlink (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Starlink diz que decisão é para manter o espaço seguro e sustentável (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A SpaceX anunciou que vai retirar de funcionamento cerca de 100 satélites da Starlink, devido a um problema não especificado, que pode aumentar a probabilidade de falhas. A empresa garante que clientes do serviço de internet não sofrerão interrupções e diz que a decisão é para manter o espaço “seguro e sustentável”.

Segundo a SpaceX, os satélites afetados são da primeira geração. Eles estão funcionando de maneira efetiva e é possível manobrá-los, o que vai evitar colisões com outros satélites durante a descida. No entanto, a equipe da Starlink encontrou um problema comum a essa “pequena população”, que pode causar falhas futuramente.

Continua após a publicidade..

Repor essas cerca de 100 unidades não deverá ser um problema para a SpaceX, já que a empresa tem, atualmente, capacidade para construir 55 por semana e lançar 200 por mês. Mesmo assim, a decisão de desativar uma quantia relevante de equipamentos não é comum.

Satélites Starlink (imagem: divulgação/SpaceX)
SpaceX consegue lançar 200 satélites da Starlink por mês (Imagem: Divulgação/SpaceX)

“Apesar de esta abordagem proativa trazer o ônus da perda de satélites que estão servindo nossos usuários, acreditamos que é a coisa certa a se fazer para manter o espaço seguro e sustentável”, escreveu a companhia no comunicado.

Continua após a publicidade..

Projetos com muitos satélites, como é o caso da Starlink, recebem críticas por aumentar o problema do lixo espacial. Isso explica a iniciativa da SpaceX e a ênfase dada pelo comunicado à questão de manter o espaço seguro e sustentável.

Descida controlada vai levar seis meses

O procedimento de retirada da órbita começará nas próximas semanas ou meses. A SpaceX explica que estes satélites seguirão uma operação de descida controlada, segura e circular, que deve levar aproximadamente seis meses. Durante o processo, eles terão condições para evitar choques com outros equipamentos.

Continua após a publicidade..

Dos quase 6 mil satélites da Starlink lançados, 406 já tiveram seu processo de descarte iniciado, incluindo 17 que não podem mais ser manobrados — eles cairão naturalmente e queimarão na atmosfera da Terra, mas continuam sendo monitorados pela SpaceX, para evitar acidentes.

Com informações: EspaçoX, TechCrunch, Gizmodo, Espaço.com

SpaceX vai tirar de órbita 100 satélites da Starlink por risco de falha

Share.