Diego López faz um golaço e dá duas assistências no 4 a 1 que leva os valencianos ao oitavo lugar. Cádiz na zona de rebaixamento

Continua após a publicidade..



Foto:   Divulgação/@valenciacf – Legenda: Diego López, cheio de estilo, celebra o seu gol, o segundo do Valencia na vitória sobre o Cádiz / Jogada10

O Valencia conseguiu excelente resultado neste domingo (14/1), pela 21ª rodada do Campeonato Espanhol. O time, fora de casa, goleou o Cádiz por 4 a 1. Diego López foi o grande destaque. Fez um gol e duas jogadas sensacionais que resultaram nos passes para os gols de Hugo Duro e Javi Guerra.  Jesús Vásquez fez o outro dos valencianos. Alcaráz marcou para o Cádiz, que lutou muito, mas decepcionou os  18.622 pagantes que compareceram no acanhado Nuevo Mirandilla (20.700 lugares).

O Valencia chega, assim, aos 29 pontos, em oitavo lugar. Mas o Cádiz vai mal. Com apenas 15 pontos, é o 18º colocado, o primeiro dentro da zona de rebaixamento.

Primeiro tempo agitado

O Cádiz foi um time mais incisivo no ataque, o que levou o goleiro Mamardashvili, do Valencia, a aparecer com boas defesa. Mas foi dos valencianos o primeiro gol, aos oito minutos. Após boa troca de passes pela direita, Diego López disparou até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Hugo Duro fazer o seu oitavo gol na Liga. Mas o Cádiz estava bem na partida e conseguiu o empate. Numa cobrança de falta, a bola bateu nos cotovelos de Pepelu e de Foulquier. Após muita discussão e ida ao VAR, o árbitro marcou a pênalti que Alcaráz bateu e deixou tudo igual, fazendo justiça ao placar na primeira etapa.

Continua após a publicidade..

Diego López define e Valencia goleia

No segundo tempo, o Cádiz começou melhor. Mas, aos seis, um contra-ataque levou o Valencia ao segundo gol. O zagueiro brasileiro Gabriel Paulista ganhou a bola, o apoiador Canos lançou Diego López, que disparou pela esquerda. Desmarcado, entrou na área e tocou de direita , rascteiro, tirando do goleiro e fazendo um belo gol.

O Cádiz, apesar da vontade, não conseguia sucesso ofensivo. E o Valencia teve tudo para ampliar com Alberto Mari. Aliás, o gol que perdeu foi um dos mais feitos do ano. Após cruzamento, a defesa falhou, mas Mari, quase na linha, dominou mal. Teve de ajeitar e conseguiu chutar na trave. Assim, deu chance para a zaga salvar. Inacreditável. Contudo, nos acréscismos, em novo contra-ataque, Diego López lançou Javi Guerra e ele não vacilou: 3 a 1. O Cádiz se perdeu de vez e ainda levou mais um, de Jesús Vásquez, no último lance do jogo.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Continua após a publicidade..

Share.