– Quando cheguei me falaram que o Vasco era muito prejudicado e, infelizmente, estou vendo a dificuldade do Vasco no Carioca. Um pouco de má vontade com incompetência, mas está demais. O Vasco não vai mais em federação discutir árbitro, para que? Somos recebidos bem, aceitamos, tentamos ajudar, até parabenizo o presidente que tenta fazer algo decente, mas o material humano está comprometendo todo o trabalho. Erros que não deveriam acontecer, principalmente quando se tem o VAR. Ele se perdeu nos critérios, começou a dar cartão e na hora que precisou dar para o André não teve coragem. Fica nossa reclamação pública, faremos isso no papel também, exigir que tenha punição. Mas chega, não dá mais – completou o dirigente.

Continua após a publicidade..

Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..
Share.