Varna é uma das maiores cidades da Bulgária. Contudo, quem anda pelas ruas búlgaras pode não dizer que a região tenha sido lar de umas das sociedades mais ricas e desenvolvidas da antiguidade. Assim, a civilização de Varna ficou conhecida no meio acadêmico após a descoberta de uma necrópole abarrotada com objetos de ouro.

Continua após a publicidade..

Nos anos 70, pesquisadores encontraram uma necrópole em Varna com mais de 7000 anos de idade. O que mais chamou a atenção dos pesquisadores, todavia, é que as covas possuíam dezenas de artefatos feitos em ouro. A cova de número 43, aliás, abrigou os restos de um indivíduo conhecido como “Varna Man”.

Este último, por conseguinte, provavelmente foi famoso em vida e agora também postumamente. Isso porque seu túmulo possuía mais ouro do que praticamente todo o resto das civilizações da época.

Artefatos encontrados na cova 43. Imagem: Yelkrokoyade, CC BY-SA 3.0/ Wikipedia

O Homem de Varna foi enterrado com colares, moedas e outras dezenas de artefatos esculpidos no ouro. De acordo com pesquisadores, toda essa riqueza sugere que o Homem de Varna foi um líder ou pessoa muito importante na sociedade.

Continua após a publicidade..

Ritos póstumos da civilização de Varna

A civilização de Varna tem quase sete mil anos não deixou descendentes até o dia de hoje. Porém, seus resquícios mostravam uma organização e complexidade social que provavelmente foram as maiores da época.

1455px Or de Varna Necropole
A civilização de Varna foi especialista na manipulação do ouro e também foi uma das mais complexas sociedades da antiguidade. Imagem: I, Yelkrokoyade, CC BY-SA 3.0/Wikipedia

Além disso, a Necrópole de Varna possuía ainda uma outra curiosidade. Muitas das covas estavam vazias, mas ainda assim com diversos items de ouro em seu interior. Nesses casos pesquisadores encontraram também réplicas de cabeças humans feitas de argila.

Continua após a publicidade..

Os indivíduos da necrópole, ademais, apresentavam diferentes posições de sepultamento conforme o sexo. Mulheres ficavam em posição fetal e homens de barriga para cima. A quantidade de ouro em cada cova também pode indicar a posição social ou hierárquica dos indivíduos, de acordo com especialistas.

sunny day 4788284 1920
A cidade de Varna é banhada pelo Mar Negro e provavelmente foi uma das principais rotas comerciais da Europa. Imagem: Varnasummer/Pixabay 

A civilização de Varna provavelmente foi uma das primeiras sociedades de fazendeiros a migrar para a Europa e se estabelecer nos arredores do Mar Negro. As descobertas citadas acima indicam, primeiramente, uma extrema habilidade deste grupo para metalurgia e ourivesaria, além de uma riqueza sem precedentes. Esta riqueza, aliás, foi provavelmente atingida pelo comércio e troca com outros povos, uma vez que Verna provavelmente foi um ponto importante em migrações e viagens pela Europa.

Em segundo lugar, estas evidências indicam uma civilização extremamente complexa para sua época. Nela há indícios de estruturas sociais, cultos religiosos e divisões hierárquicas que só apareceram centenas ou milhares de anos mais tarde em outras civilizações.

Share. WhatsApp Facebook Telegram Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email