George Clooney está se abrindo sobre por que ele se diverte “mais” dirigindo do que atuando.

Continua após a publicidade..

O vencedor do Oscar conversou recentemente com Notícias da Sky sobre seu último projeto de direção, o filme Os meninos no barco.

Durante a entrevista, Clooney admitiu que quando se trata de dirigir do que atuar: “É mais divertido, você tem muito mais controle. Posso mandar neles e não preciso aprender a remar”, brincou.

O Gravidade o ator acrescentou: “É divertido chegar de manhã e é divertido escrever um roteiro e depois pedir a alguém que construa um cenário que você escreveu, realmente é”.

Embora Clooney tenha atuado em dezenas de projetos, incluindo Bilhete para o Paraíso, No ar, Michael Clayton, Onze do Oceano e Éele também dirigiu vários filmes ao longo de sua carreira, como A barra de concurso, O céu da meia-noite, Subúrbio e Os idos de março.

Continua após a publicidade..

“À medida que você envelhece, precisa ter outras coisas para fazer”, disse ele ao outlet. “Você não pode fazer apenas uma coisa. Tenho sorte porque tenho 62 anos e posso fazer as coisas que amo, e muitas pessoas não entendem isso.”

Clooney continuou: “Estou bem ciente disso e celebro porque, você sabe, se eu não estiver me divertindo, acho que as pessoas ficariam muito chateadas. Se eles olharem para a minha vida, você pensará: ‘Se você não está gostando disso, então, quem sabe’”.

Continua após a publicidade..

Mas os fãs não precisam se preocupar em não ver o ator na tela grande novamente, já que ele estrelará ao lado de Brad Pitt em Lobosum filme do escritor e diretor Jon Watts.

“Ainda gosto de atuar, me divirto”, disse Clooney antes de brincar com uma expressão inexpressiva: “Acabei de fazer um filme com Brad Pitt, ele é um ator promissor”.

Clooney Os meninos no barcobaseado na jornada da equipe de remo da Universidade de Washington para ganhar o ouro nas Olimpíadas de Berlim de 1936, está atualmente em cartaz nos cinemas.

Share. WhatsApp Facebook Telegram Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email