ad

Neve Campbell se abriu sobre o Gritar franquia em meio a notícias recentes de que vários membros do elenco e o diretor abandonaram o próximo filme da longa série.

Continua após a publicidade..
ad
  • LEIA MAIS: Crítica de ‘Scream VI’: um passeio emocionante e de pesadelo pela cidade que nunca dorme

Em dezembro, Grito 7O diretor do filme, Christopher Landon, confirmou que deixou o trabalho no projeto. O Feliz Dia da Morte foi anunciado que o diretor dirigiria a sétima edição em agosto, que teria marcado sua estreia no Gritar franquia. Ele deveria substituir Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, que dirigiram 2022 Grito 5 e este ano Grito VI e foram escalados para atuar como produtores executivos do próximo filme.

“Acho que agora é um momento tão bom quanto qualquer outro para anunciar que saí formalmente Grito 7 semanas atrás”, disse Landon no X, antigo Twitter, em dezembro. “Isso irá decepcionar alguns e encantar outros. Foi um trabalho dos sonhos que se transformou em pesadelo. E meu coração se partiu por todos os envolvidos. Todos. Mas é hora de seguir em frente.”

Seguiu-se às saídas de destaque de Jenna Ortega e Melissa Barrera.

Ortega decidiu não repetir seu papel de Tara Carpenter devido ao seu envolvimento contínuo em outros projetos. Enquanto isso, Barrera foi demitido do filme por compartilhar postagens pró-Palestina nas redes sociais – algo que resultou em fãs prometendo boicote Grito VII.

Continua após a publicidade..
ad

Campbell já havia deixado a franquia na época de Grito VI após uma disputa salarial, com muitos de seus colegas apoiando sua decisão. No entanto, foi relatado em novembro que a Spyglass estava tentando trazê-la de volta para Grito 7 como parte de uma “revisão criativa” e sugeriu a possibilidade de trazer Grito 3 o antagonista Patrick Dempsey também está de volta.

Falando sobre a franquia em uma nova entrevista que você pode ver acima, Campbell disse IndieWire: “É triste para mim que eles estejam passando por dificuldades no momento. Imagino que as pessoas que estão no topo estão girando um pouco, tentando tomar a decisão certa.

Continua após a publicidade..

“Imagino que as pessoas queiram fazer a coisa certa. Eu esperaria. Eu amo essa franquia. Eu amo isso por Wes [Craven]. Eu adoro isso por todas as pessoas que estiveram envolvidas e até mesmo pelo elenco mais novo. Espero que não desmorone.”

Questionada se ela voltaria à franquia, Campbell acrescentou: “Dadas as circunstâncias certas, sim”.

Ela acrescentou: “Fiz uma declaração há vários anos, e foi por isso que não fiz o filme na época, e realmente senti a necessidade de me levantar e dizer que não acredito que faria. Fui tratado dessa forma se eu fosse um homem com uma franquia há 25 anos, e isso ainda permanece. Então, se eles decidissem voltar para mim, essa continuaria a ser minha lição. Veremos.”

Revendo Grito VI ano passado, NME disse: “Grito VI não é perfeito: as meta referências constantes (assassinos do passado, as ‘regras’ da franquia) pareciam inventivas na reinicialização do ano passado, mas aqui se tornam cansativas… Felizmente, tal é a alegria pura e sangrenta da coisa que você será. preocupado demais para notar.



Share.
ad