Óne das principais mensagens de Griselda, sobre a traficante titular da vida real, é que as aparências enganam. Mas no caso deste drama muito assistível das drogas, eles absolutamente não são. É exatamente o que parece.

Continua após a publicidade..

Para iniciantes, Griselda vem dos criadores de Narcos, que narrou as façanhas criminosas do infame chefão da cocaína Pablo Escobar. Depois, há a citação de abertura de Escobar que aparece na tela antes do primeiro episódio: “O único homem de quem tive medo foi uma mulher chamada Griselda Blanco”. Acrescente a isso um cenário clichê à beira-mar da Miami do final dos anos 1970 (pense Cicatriz mas com camisas ainda mais barulhentas) e está bem claro o que a Netflix pretende aqui.

Inicialmente co-dirigindo uma lucrativa rede de narcóticos em Medellín, Colômbia, a história de Blanco começa com o assassinato de seu parceiro e segundo marido, Alberto. Temendo represálias de seu irmão maior e mais malvado, ela arruma a casa e seus três filhos antes de fugir 2.500 quilômetros até South Beach. Escondido lá com uma antiga namorada, Griselda (interpretada por Família modernaSofia Vergara) traça um plano para se tornar a primeira “dama narcotraficante” e governar como a nova rainha da cocaína da cidade. Para que isso aconteça, ela terá que convencer todos os traficantes sexistas do CEP a levá-la a sério – além de enganar um detetive novato determinado que a persegue a cada passo.

Griselda
Griselda Blanco era traficante de drogas no final dos anos 1970 e 1980 em Miami. CRÉDITO: Netflix

Continua após a publicidade..

Para Vergara, este é um marco histórico. Desde que assumiu o papel da excêntrica dona de casa colombiana Gloria em Família moderna, um papel que lhe rendeu quatro indicações ao Emmy em 11 anos, ela tem lutado para dar o próximo passo. Houve aparições (Os Simpsons, Homem de familia), papéis coadjuvantes em filmes (Machete mataJon Favreau Chefe de cozinha) e uma comédia com Reese Witherspoon (Perseguição Quente), embora nada particularmente notável. Ela é muitas vezes subestimada. Só na semana passada um apresentador de talk show masculino zombou de seu sotaque ao vivolevando Vergara, legitimamente mal-humorado, perguntando quantos Emmys ele foi nomeado para. Griselda provavelmente não a ajudará a aumentar esse número, mas os encantos matriarcais naturais de Vergara e a presença atraente na tela fazem dela a escolha perfeita para interpretar uma personagem que se aconchega aos filhos em um momento e decapita os bandidos no próximo.

Continua após a publicidade..

Infelizmente, ela se decepciona com um roteiro um tanto obsoleto. Estereotipado e previsível, você se verá adivinhando as principais reviravoltas da trama com bastante antecedência. Quando a inevitável guerra territorial começa, ela logo se transforma em uma corrida de casa em casa enquanto o capanga de Griselda espalha os cérebros de seus inimigos em tantas paredes quanto possível. Na maioria das vezes, os acertos dão errado – isso é frequentemente ocultado do espectador e revelado mais tarde de uma forma que é ao mesmo tempo irritante e desanimadora. Não se preocupe, porque Griselda irá escapar para uma pausa para fumar, onde planejará outro esquema inteligente para salvar o dia. Repita. Repita. Repita.

Para fãs de Narcos e seu spin-off Narcos: México, isso provavelmente não importará. É bastante divertido assistir Blanco superar seus colegas homens, seus egos implodindo em um estilo satisfatório, para desviar a atenção da falta geral de novas idéias. E uma trilha sonora agradável repleta de hinos disco de Boney M e Donna Summer faz um bom trabalho ao colocá-lo de volta naquele mundo familiarmente vibrante. Griselda conhece claramente seu público, e eles vão aspirá-lo como uma linha de gak.

Transmissões de ‘Griselda’ na Netflix a partir de 25 de janeiro



Share. WhatsApp Facebook Telegram Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email