Uma pessoa morreu e 21 ficaram feridas ontem em Kansas City, após um tiroteio durante as comemorações do título do Super Bowl LVIII pela equipe local no último domingo. Entre os feridos, há 11 crianças, sendo que pelo menos nove foram feridas a bala.

O feridos estão sendo tratados no Children’s Mercy Kansas City e, segundo as informações oficiais, não correm risco de morte.

Continua após a publicidade..

Três pessoas foram detidas e um número não especificado de armas foram recuperadas pelas autoridades policiais de Kansas City, segundo a chefe de polícia, Stacey Graves. Até a manhã desta quinta-feira, nenhuma acusação havia sido anunciada e nenhum suspeito identificado publicamente.

Conteúdo XP

Peça o melhor cartão de crédito do Brasil e tenha acesso à Salas vip e Investback nas compras

Continua após a publicidade..

A estação de rádio comunitária KKFI confirmou que a pessoa morta era a DJ Lisa Lopez-Galvan, de 40 anos e mãe de dois filhos.

Segundo testemunhas, a parada para celebrar o segundo título seguido da equipe de futebol americana Kansas City Chiefs já havia acabado quando o tiroteio começou.

O presidente Joe Biden divulgou um comunicado pedindo ações sobre o controle de armas no país, acrescentando que tal ataque ocorrer durante um desfile do Super Bowl “corta profundamente a alma americana”.

Continua após a publicidade..

Continua depois da publicidade

Alguns jogadores testemunharam o pânico que se instalou na multidão durante o tiroteio. Trey Smith, da linha ofensiva do time, disse à rede ABC que se escondeu com espectadores enquanto os tiros soavam. Ele teria ajudado a proteger uma criança.

Já o ‘tight end’ Travis Kelce, que namora a cantora Taylor Swift, expressou angústia com o tiroteio. “Estou com o coração partido pela tragédia que aconteceu hoje. Meu coração está com todos que vieram comemorar conosco e foram afetados. KC, você significa muito para mim”, ele postou na rede social X.



Fonte: InfoMoney

Share.