O Bitcoin (BTC) se recuperou na manhã desta quarta-feira (14) após cair junto com os mercados globais na esteira da inflação do Estados Unidos, que veio acima do esperado e reduziu as esperanças de cortes rápidos nas taxas de juros no país.

Por volta das 8h, a maior criptomoeda do mercado opera em alta de +2,80%, a US$ 51.555, atingindo uma capitalização de mercado de US$ 1 trilhão pela primeira vez desde dezembro de 2021.

Continua após a publicidade..

As principais altcoins também são negociadas no campo positivo nesta manhã. O Ethereum (ETH) avança +3,10% e a Solana (SOL) sobe +1,50%. Entre as criptos menores, o destaque desta quarta é a Blur (BLUR), com valorização de +16,90% nas últimas 24 horas.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

Em contraste, o índice S&P 500 cai 1,4% – o seu pior desempenho diário após a inflação desde setembro de 2022 –, o ouro recua e os rendimentos dos yields disparam à medida que os investidores reduzem as expectativas com os cortes das taxas de juros nos EUA.

De acordo com a ferramenta CME FedWatch Tool, 63% dos traders de futuros acreditam que os membros Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA) devem manter os juros no patamar atual de 5,25% a 5,50% ao ano na reunião de maio.

O Bitcoin mostrou “resiliência impressionante, apesar da deterioração noturna no sentimento de risco”, escreveu Tony Sycamore, analista de mercado da IG Australia Pty, em nota citada pela Bloomberg.

Continua após a publicidade..

Continua depois da publicidade

Máxima histórica

Alguns traders têm como meta preços próximos de US$ 64 mil nas próximas semanas, à medida que cresce a demanda pelos ETFs (fundos de índice) com exposição direta à criptomoeda nos EUA, aprovados pelo regulador do país na segunda semana de janeiro.

Com exceção do GBTC, fundo fechado da gestora Grayscale que foi transformado em ETF e registrou saídas massivas desde o mês passado, os demais produtos financeiros acumularam mais de US$ 11 bilhões em BTC. Os resgates do GBTC também diminuíram gradualmente.

“Estamos vendo formalmente o início do padrão Fibonacci, cujo alvo parece ser a área de US$ 63,7 mil”, disse Alex Kuptsikevich, analista de mercado sênior da FxPro, para o portal especializado em criptomoedas CoinDesk. “Isso está perto das máximas históricas e é improvável que seja o fim da recuperação global, embora seja esperada uma mudança significativa.”

O maior preço alcançado pelo Bitcoin até hoje foi de US$ 69 mil, registrado em novembro de 2021.

Continua após a publicidade..

Além dos ETFs, o halving – atualização prevista para abril que reduz pela metade a emissão de BItcoin – também é visto pelos analistas como um catalisador de alta para a criptomoeda. O ativo digital costuma subir antes do evento, que ocorre a cada quatro anos.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 8h:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 51.555+2,80%
Ethereum (ETH)US$ 2.747+3,10%
BNB Chain (BNB)US$ 331+1,40%
Solana (SOL)US$ 116+1,50%
XRP (XRP)US$ 0,5321+0,30%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Blur (BLUR)US$ 0,7447+16,90%
Sei (SEI)US$ 0,8338+12,00%
VeChain (VET)US$ 0,03526+10,50%
Stacks (STX)US$ 2,24+10,30%
Pyth Network (PYTH)US$ 0,6564+10,30%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Litecoin (LTC)US$ 70,60-2,80%
Injective (INJ)US$ 35,61-2,70%
SATS (Ordinals)US$ 0,064689-2,30%
Astar (ASTR)US$ 0,1823-2,30%
Kaspa (KAS)US$ 0,1413-1,20%

Fonte: CoinGecko

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 36,42+2,64%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 54,70+3,44%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 36,90+3,07%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 26,30+2,65%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 28,95+3,17%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 30,00+0,53%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 14,64+3,90%
QR Ether (QETH11)R$ 8,87+2,54%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,63+2,25%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 10,26+3,74%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 10,63+2,40%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 152,68+2,46%

(Com Bloomberg e CoinDesk)

Fonte: InfoMoney

Share.