A taxa de inflação ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) anual da área do euro foi de 2,9% em dezembro de 2023, acelerando ante os 2,4% observados em novembro. Mas a variação de preços perdeu bastante força quando comparada à taxa de 9,2% de 2022. Em dezembro ante novembro, a alta foi de 0,2%, informou o Eurostat, o serviço de estatísticas da União Europeia.

Os dados vieram dentro do esperado pelo consenso LSEG de analistas, tanto na leitura mensal como na anual.

Continua após a publicidade..

O núcleo da inflação na zona do euro recuou de 3,6% anualizados em novembro para 3,4% em dezembro. A variação mensal dessa medida que exclui os preços de energia e de alimentos, bebidas e tabaco, foi de 0,5%.

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

Continua após a publicidade..

A inflação de alimentos ficou estável na comparação mensal em dezembro e alcançou 6,1% na comparação anual. Já os preços da energia caíram 1,6% em termos mensais em dezembro e -6,7% em termos anuais.

A inflação de serviços mostrou taxa de 0,7% entre novembro e dezembro e fechou ano em 4,0%.

Continua após a publicidade..

A inflação anual do bloco da União Europeia como um todo foi de 3,4% em dezembro de 2023, também acima dos 3,1% em novembro. Um ano antes, a taxa era de 10,4%.

Continua depois da publicidade

As taxas de inflação anuais mais baixas foram registadas na Dinamarca (0,4%), Itália e Bélgica (ambas com 0,5%). As taxas mais elevadas foram registadas na República Checa (7,6%), Romênia (7,0%) e Eslováquia (6,6%).

Fonte: InfoMoney

Share.